Sunday, 13 June 2010

Semeando idéias nas redes sociais



Não há dúvidas de que as redes sociais são espaços privilegiados para a divulgação de marca. No atual cenário de interatividade e colaboração no mundo virtual, os consumidores e usuários de conhecimento sentem-se cada vez mais à vontade para opinar e discutir sobre produtos e serviços. Por isso, nenhuma empresa que se considera moderna e integrada às novas mídias pode deixar de prestar atenção no que estão falando sobre ela no meio digital. Mais do que isso, é preciso participar das discussões online para melhorar a percepção da marca e conquistar a confiança do público. 

Seeding é o termo utilizado  para semear ou disseminar informações entre os consumidores nas redes sociais para que eles mesmos repassem essas “sementes” a sua rede de contatos. Uma analogia muito utilizada para explicar a técnica são as abelhas que levam o pólen, depois, espalhado pelos ventos, tornando-se sementes.

A estratégia, que surgiu a partir da necessidade das empresas conversarem com o consumidor, consiste em escrever comentários que gerem alguma mudança de visão ou comportamento na mente do leitor.

4 comments:

  1. This comment has been removed by the author.

    ReplyDelete
  2. This comment has been removed by the author.

    ReplyDelete
  3. Na sequência deste post, considerei importante referir o porquê da adesão das empresas e de todos nós às redes sociais.

    É, antes de mais, interessante conluir que se queremos saber que tipo de sociedade de nos vai suceder, basta pensarmos nas necessidades que nos faltam preencher.

    A sociedade evolui no sentido de dar resposta às mais variadas necessidades dos indivíduos. Assim, o aparecimento e a expansão das redes sociais, veio dar resposta à necessidade do indidívuo de ser querer visto e "ouvido" enquanto ser singular.

    Encontramo-nos numa sociedade constituída por uma massa dispersa, anónima e descaracterizada da qual fazemos parte como "apenas mais um indivíduo". Consequência do modo de vida consumista e materialista, as relações entre empresas e consumidores são pautadas por princípios capitalistas, com vista exclusivamente à indução ao consumo.

    Perdida fica um tipo de relação interpessoal que dá resposta às reclamações e sugestões do cliente, bem como às suas preferências. Deste modo, as redes sociais vêm "remediar" esta relação, uma vez que permitem ao indivíduo ser tratado de forma personalizada, ser reconhecido como cliente singular e serem tidas em conta as suas preferências, sugestões e reclamações.

    Assim, temos verificado uma maior adesão das empresas às redes sociais, "experimentando-se" nas mesmas com o serviço de apoio ao clinte por ser a área que mais atenção e personalização do consumidor requer.

    Não existe um modelo universal que garanta o sucesso das empresas nas redes sociais, uma vez que também estas têm a sua estratégia "pessoal", as suas características e apresentam diferentes estratégias e objectivos. Temos, ainda assim, vindo a analisar inúmeros casos de sucesso de empresas que, ao aderirem às redes sociais, improvisam a sua relação com os consumidores, ao mesmo tempo que se redefinem e se adaptam às características da "nova sociedade".

    Aquilo que torna este meio tão vantajoso para as empresas é, essencialmente, a capacidade da mensagem das mesmas nos chegar através dos nossos amigos, tendo assim uma visibilidade e credibilidade de outra forma inalcancável.

    Inovação, criatividade e, acima de tudo, comodidade são características que tornam a adesão às redes sociais quase que imprescindível nos dias que correm.

    Há, desta forma, a necessidade a um retorno à relação tradicional interpessoal que os consumidores tinham com as empresas e com os produtores. Tal como era na mercearia "do senhor João", os clientes querem-se hoje tratados pelo nome, querem-se relembrados pelos seus gostos pessoais e ouvidos nas suas intervenções.

    Natacha Ribeiro nº 130308111

    ReplyDelete
  4. Hy sweetie! i love your post! would you likw to follow each other? tell me what do u think! XXo

    FashionSpot.ro

    ReplyDelete